Cancelamentos, renovações e o mundo incerto das séries de TV


Os grandes canais de TV norte-americanos só devem confirmar suas grades em maio, mas algumas novidades já mudaram um pouco os quadros de renovação/cancelamento tão aguardados/temidos pelos fãs de séries.

Vale lembrar que as decisões dependem de números de audiência, renovações de contratos, humor de executivos e eventuais milagres. Mas esta é uma tentativa de previsão do futuro.

Comédias
Sem surpresas, a NBC renovou seu trio de comédias (“30 Rock”, “The Office”, “Community”). Também não foi surpresa o cancelamento definitivo de “‘Til Death” (Fox) depois de quatro temporadas sem convencer ninguém (eu, sinceramente, cancelava só pelo comentário do ator Brad Garrett sobre sua empregada). E a rede ABC ainda não declarou o horário da morte de “Scrubs”, mas o Zach Braff acabou com o suspense no Facebook.

Dramédias
Duas mudanças que afetam a vida dos eternos Browncoats: o capitão Malcolm Reynolds Nathan Fillion comemorou a renovação de “Castle” (ABC) na última semana, mas the man they call Jayne Adam Baldwin está novamente em risco com “Chuck”. A renovação de “Castle” era tão esperada que o canal até já havia encomendado mais episódios. Já “Chuck” (NBC) perdeu a audiência do início da temporada e está de volta à zona de risco na qual se encontrava há um ano.

Drama
A grade de dramas está praticamente estagnada — na maioria dos casos, parece apenas ser uma questão de renovar contratos e fazer anúncios (quanto tempo até confirmarem Grey’s Anatomy? ou a franquia CSI?) –, mas um único anúncio vale por um terremoto: este será o último dia de Jack Bauer. Fãs de “24 Horas” (Fox) podem lamentar aí embaixo, na seção de comentários.

Teen
Depois de adiantar uma série de renovações, a CW resolveu fazer mistério. “One Tree Hill” tem os índices de audiência, mas ainda depende de contratos. “Life UneXpected” é queridinha dos críticos, mas ainda não conquistou tantos fãs assim. Há quem diga que só há espaço para uma das duas — se for o caso, que seja a minha favorita.

Sci-fi e afins
Mas rivalidade não é a regra na CW: lar de “Supernatural”, o canal também garantiu mais um ano de “Smallville”. Tom Welling, 32 anos, vai para sua décima temporada como o não-mais-tão-jovem Superman. A outra boa notícia foi a renovação de “Fringe” (Fox) para o terceiro ano.

As coisas não vão tão bem no canal ABC: “FlashForward” e “V”, as duas séries que disputavam o espaço de “Lost”, voltaram da longa pausa — mas os fãs não ficaram esperando. Por enquanto, parece que o canal aposta um pouquinho mais em “V”, chegando a inserir uma contagem regressiva durante a exibição de “Lost”. A jogada escondeu parte da tela e definitivamente não agradou.

Apesar da mancada, a audiência de “V” foi menos decepcionante que a de “FlashForward”. Além disso, alguns atores de FF já estão procurando bicos em novos pilotos.

Que venha maio! (E que confirmem “Chuck” antes disso, pelo bem da minha sanidade mental.)



This entry was posted in TV and tagged , , , , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • http://hectorlima.com Hector Lima

    o Larry David falou outro dia que tá escrevendo alguma coisa pra 8ª temporada do CURB, mas não se sabe quando estréia – http://migre.me/u15b – de qq forma dá p\ considerar ela renovada. a 7ª com o Seinfeld deu um gás na audiência.

    pô, Superboy c\ 32 anos não dá… já que não podem usar a marca ‘Superboy’ por decisão judicial que façam ele logo de Super-Homem pra fechar com chave de ouro, ou cancelem a birosca.

  • Mané Gouveia

    24 horas já passou do tempo de cancelar. A última temporada boa foi a 5ª e mesmo assim o esquema “tempo real” já não convencia ninguém. Podiam ter dado uma série solo pro Jack Bauer, sem essa de o “pior dia” e aí ficaria tranquilo, porque o personagem é bom e ainda renderia muito.

  • Karen

    Fico muito feliz por The Big Bang Theory e Two and a Half Man! Mas espero que Cold Case seja, sim, renovada! É uma ótima série dramática!