Lightning Bolt – The Power of Salad DVD


lightning bolt

No início dos anos 2000, um mascarado esmurrando a bateria com virilidade e um baixista responsável por notas sônicas e distorcidas foram suficientes para levar o noise agressivo do Lightning Bolt aos principais veículos especializados em música. Brian Chippendale (bateria e vocais) e Brian Gibson (baixo) formaram a banda na Escola de Artes de Rhode Island, em 1994. Na época, quando a banda ainda era um trio, os integrantes se reuniam somente para fazer improvisações. O processo de composição de músicas só surgiu em 97, quando receberam a proposta da Load Records, também de Rhode Island, para gravarem um álbum.

De lá pra cá, foram quatro álbuns de inéditas, sendo a insanidade de “Hypermagic Mountain”o último lançamento da dupla, em 2005. Já entre registros visuais, o Lightning Bolt tem no currículo o DVD “The Power Salad” (2003), que intercala entrevistas com a banda na estrada e as performances destruidoras em shows de guerrilhas, aqueles que a banda fica frente a frente do público, apenas respeitando as máximas da física.

powesallad

Pois não é que a Pitchfork liberou o streaming completo desse DVD por uma semana? Aproveite, pois os vídeos ficam disponíveis até quinta. Como o embed é uma porcaria e já dá play automaticamente, segue abaixo o link dessa deliciosa desgraceira:

CLICAÊ

Segure uma amostrinha do estrago ao vivo que eles causam:

—-

compre:



This entry was posted in Música. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • http://www.andrepeniche.com André Peniche

    Conheci Lightning bolt ano passado, e foi vendo justamente esse documentário.
    Não sei dizer o que me atrai neles. Em qquer outra situação, eu diria que é só barulho e não daria atenção, mas não no caso deles. 2 Towers é um clássico!

  • http://hectorlima.com HectorLima

    e o baterista ainda grunhe com um microfone de lapela [ou trigger, não sei] dentro da boca.

    acho legal, só não acho fantástico porque me lembra algumas bandas virtuosas que mesmosendo experimentais dão a sensação de se estar vendo workshop de instumento.

  • http://www.andrepeniche.com André Peniche

    Se não me engano, é um microfone de telefone. É algo bem lo-fi proposital

  • http://sinewave.com.br elson

    vi o lightning bolt ano passado no atp. é tão caótico que não dá pra entender nada. os caras tocam no meio do público, e a única visão que eu consegui ter foi através de um espelho que os caras instalam em cima de uma caixa de som. o barulho é infernal. showzaço portanto.

    vou conferir o dvd, valeu a dica!