Last.fm eh o novo Metallica


Audioscrobbler foi um dos melhores sites de musica na História das internerds. O tempo se passou, o site foi êomprado pela gigante rede CBS e virou o que hoje chamamos de Last.fm. O site é legal, mas se você nao usa não faz sentido explicar aqui as vantagens que ele oferece. Estas vantagens estão desaparecendo, e por decreto ainda por cima.

Eis que a Last.fm anunciou que o site passará a ser cobrado em algumas partes do planeta (sic) – vai custar 3 euros por mês. O que a last.fm chamou de “algumas partes do planeta” é na verdade o planeta todo exceto, bem, algumas partes: EUA, Reino Unido e Alemanha. Então a menos que voce leitor sul-americano viva nas Ilhas Malv… perdão, Falkland, terá que pagar 3 euromangos todos mês para continuar ouvindo sua rádio online favorita.

Mas não fique triste. Pode ficar contente em saber que você estara financiando música grátis para os usuários americanos, ingleses e alemães. Vale notar que eles ganharam um recurso esperado há anos: a capacidade de tocar qualquer música ou album “on demand”, faixa a faixa, sem pagar nada. Ah, note que você assinante pagador que vive em “alguma parte do planeta” não tera esse recurso que aí já seria pedir demais.

PERAE quem pagar Last.fm ainda por cima vai ter MENOS recursos de quem não paga e aliás não vai ter o mais legal???
Sim. Eles não contaram isso no anúncio oficial mas já revelaram a mutreta nas dicussões que tão rolando.

Então saiba que se você decidir assinar o servico pago da Last.fm – ou continuar assinando se já eh assinante – estará comprando menos do que eh oferecido de graça nos EUA. Eh justo, Brasil?

A repercussão entre os usuários eh escabrosa, obviamente. Outros servicos de streaming como Hulu e Pandora já bloquearam o acesso fora dos EUA. Mas nenhum desses era tão antigo e tão querido por tanta gente ao redor do mundo como o Last.fm eh. A última vez que eu vi a internerd musical tão enfurecida foi quando os espertos do Metallica resolveram processar os próprios fãs em causas de vários milhares de dólares.

Pra onde correr:

www.hypem.com
www.accuradio.com
www.spotify.com
www.mininova.org

UPDATE:
Lendo os fóruns last.fm, vale ressaltar uma outra coisa.

O conteúdo do site Last.fm foi em grande parte criado por adivinha queymmmm… pelos ouvintes, claro. Toda a parte enciclopédica do site é Wiki e foi criada pelos usuários. Fora isso, a rádio em si é baseada em um sistema de recomendações. A last.fm “adivinha” o que agrada ao ouvindo com base no que você já ouve. Todo o sistema da rádio só funciona tão bem quanto funciona porque são zilhões de usuários no mundo todo.

Em resumo, a Last.fm oferece um enorme banco de dados que quem alimenta é você, otário ouvinte.

compre: livros sobre Direito, Ética e Internet



This entry was posted in Internet, Música, Tecnologia and tagged , , , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • http://sinewave.com.br elson

    lixão. RIP lastfm.

  • anon

    argumento ótimo. gostei muito de como foi colocada a questão. texto, por outro lado, péssimo.

  • http://som13.com Clovis

    http://som13.com
    é uma boa alternativa brasileira
    viva ao brasil

  • Thiago

    Rs rs fica o contiudo

  • leandro

    Sim, eu mesmo, otário, fiz vários artigos e traduções sobre artistas que gosto.

    que zuado

  • http://pomoti.com Stéfano

    Foi bom enquanto durou.

  • http://freakboxx.blogspot.com Adriana

    Vou bem é começar a mexer de verdade no concorrente indiano: http://www.hummaa.com/

    O povo é simpático e tem músicas alegres pra dançar pros deuses! \o/

  • http://www.agenciaginga.com.br/blog/ Naomi Covacs

    imagine se o TWITTER dá dessas também. só posta quem paga. é, polêmico. e quem mais usa as radios são justamente eua, alemanha e uk. puf.

  • kevin

    podre.

  • anon

    agora tá com acentos :D

  • http://mbarros.net Marcelo Barros

    Uma pouca vergonha! Agora o last.fm virou clube dos poucos. Tsc, tsc

    eu já cancelei minha conta.

  • Bruno Gomes França

    É por isso que eu prefiro o bom e velho P2P!

  • http://twitter.com/flaviafla flavia

    vamos nos mudar todos pra alemanha!!! boas as indicacoes de substitutos pra last.fm… tem o ilike.com nao eh taaao bom quanto o last.fm mas as indicacoes deles por “gosto musical” funcionam ate que ok.

  • http://www.ofimdavarzea.com j. noronha

    A conta é simples, brasileiro é na maioria leecher, não rende nada pros anunciantes do site.

    O que acontece? Eles resolvem parar de gastar com um país que não dá lucro indireto, agora ou dá lucro direto ou cai fora.

    O Reino Unido é a sede e dá lucro, Alemão pelo jeito também, e nos EUA o pessoal é acostumado a pagar pelas coisas, logo, deve dar lucro pros anunciantes.

  • http://repolhopolis.blogspot.com Vitor

    É, escroto mesmo. Mas, pelo menos pra mim, não vai fazer muita diferença. Tô no Last.fm desde 2004 e escutei pouquíssimas vezes a rádio. A parte que eu uso mesmo (banco de dados e recomendações) continua gratuita. Nem fazia idéia de que as rádios eram tão populares.

  • http://hectorlima.com HectorLima

    vira essa boca pra lá, Naomi, hehe

    anon [lindo seu nome de batismo], o thiago mora na holanda sem teclado configurado pra acentos. em geral os posts dele são assim mesmo, mas resolvi editar pra ninguém mais reclamar. a falta de acentos não faz do post péssimo, neh.

  • http://twitter.com/lcquadros Leo Cabral

    Infelizmente, faltava isso para colocar websites que usam o bordão “o usuário é que faz o conteúdo” sob um olhar mais crítico dos usuários.

  • http://arteando.wordpress.com Andrea Ronqui

    Triste, triste. Eu adoro a Last.fm. Vai ser tão triste como quando a Usina do Som fechou o conteúdo.

  • Thiago

    Noronha, os americanos sao acostumados a pagar pelas coisas mas Last.fm pra eles vai continuar sendo gratis, inclusive para o recurso Free-On Demand (que a maioria dos paises nunca teve nem na versao paga e nem vai ter).

    E nao existem leechers no Last.fm. Soh de ouvir voce ja esta contribuindo. O sistema foi projetado assim e leeching e freeloading em Luxemburgo eh uma palavra que nao existe (SIC).

    E finalmente, quem falou em brasileiros? Olha o complexo de inferioridade, rapaz… tambem barraram o Japao, a Dinamarca, Monaco, o Vaticano, barraram geral… a treta eh com gravadoras multinacionais e seus advogados, como de costume. Esses advogados sao pagos pra adiar ao maximo o inevitavel, eh isso.

    Quem tem conhecidos no Linkedin que trampavam na Last.fm ja podia ter ficado esperto: o pessoal que cuidava da venda de anuncios internacionais foi tudo demitido recentemente. Estava na cara que a Last.fm ia se retirar do mercado. O problema eh que se retiraram e levaram nossos dados com eles ne! Entao quem eh leecher?

  • http://portatil.jaca.com.br Charles Alves

    Isso me lembra o caso do cddb, que hoje é o gracenote, aquele banco de dados de identificar faixas de cd, que foi cadastrado por usuários e depois de um tempo, ele começaram a cobrar por certas partes do site. Apesar que eles ainda continuaram com a parte gratuita.

    Imagina se a wikipedia começa a cobrar por conteudo “premium”?

  • http://supersincero.multiply.com Deeds

    E a festa acabou…

  • Ricardolsn

    Olá amigos,
    Realmente é ruin o last.fm cobrar pelo serviço, ainda mais porque o pagamento deles é somente em dolares.
    Recomendo sites brasileiros de musicas online com o:
    http://www.ouvircds.com.br
    É uma ótima opição para ouvir musicas grátis.

    Espero ter ajudado!
    Obrigado,
    Abraço!

  • Danny_kel

    Uma boa opcao para quem quer ouvir musica gospel eh o site
    http://www.musicaevangelica.net totalmente gratis
    Espero ter ajudado
    Abracos