Colisão de Eras no Grammy 2010


Quem resistiu às quase três horas e meia de Grammy 2010 deve ter ido dormir com medo. Numa mistura de futurismo pós-apocalíptico com a ressurreição de zumbis musicais de eras passadas, a cerimônia da National Academy of Recording Arts and Sciences fez de tudo para envolver o público, afoito por mais essa noite em que artistas coletam os louros da vitória.

Se o impactante encontro das divas Elton John e Lady Gaga não o comoveu, talvez a apresentação chuvosa de Pink tenha molhado [¬¬] seu rosto. Entre o show dos Black Eye Peas, vestidos como coadjuvantes rejeitados em Johnny Mnemonic, e a sonolenta bombástica apresentação de Bon Jovi entoando o hit Livin’ on a Prayer direto da fenda espaço-tempo aberta em 1986, a premiação cumpriu tabela e agraciou a novata Taylor Swift com 4 estatuetas e a veterana – que Jay Z não nos ouça – Beyoncé, multi-premiada ao fazer de Single Ladies a canção do ano (passado).

Não contentes, os organizadores da maior festa da música trouxeram Adam Sandler para apresentar os empolgadissimos caras do Dave Matthews Band. O The Beat deu a letra e eu fisguei: Seria Dave Matthews a versão passada de Tobin Bell?

Dos principais vencedores da noite destacamos:

Álbum do Ano
“Fearless”, Taylor Swift

Canção do Ano
“Single Ladies”, Beyoncé

Gravação do Ano
“Use Somebody”, Kings Of Leon

Artista Revelação
Zac Brown Band

Melhor interpretação vocal feminina pop
“Halo”, Beyoncé

Melhor interpretação vocal masculina pop
“Make It Mine”, Jason Mraz

Melhor interpretação Pop por Duo ou Grupo
“I Gotta Feeling”, The Black Eyed Peas

Melhor Álbum vocal Pop
“The E.N.D.”, The Black Eyed Peas

Melhor Álbum de Rock
“21st Century Breakdown”, Green Day

Melhor Álbum de R&B
“Blacksummers’ Night”, Maxwell

Melhor Álbum de Rap
“Relapse”, Eminem

Curtiu?

[compre: CDS E DVDS DE LADY GAGA]



This entry was posted in Design, Eventos, Música and tagged , , , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook