Clipes novos de Fever Ray, El Perro Del Mar e The Low Anthem


Sabe aqueles dias em que as gravadoras resolvem liberar ao mesmo tempo vários vídeos bacanas? Hoje foi um deles. Veja abaixo três ótimos clipes que emergiram há pouco na web.

Pra começar, um ‘velho’ conhecido dos leitores da Goma. Pode parecer exagero, mas o esmero audiovisual de todos os lançamentos que têm o dedo do The Knife já é considerado um mini-evento pessoal. Em “Stranger Than Kindness”, o Fever Ray retomou o misticismo do vídeo de “If I Had A Heart”. Não por acaso, o diretor Andreas Nilsson é o responsável por ambos os clipes e, inclusive, pelo primitivo “This Must Be It” do Röyksopp com participação de Karin Dreijer.

A esta altura do campeonato é redundância associar sombrio a Fever Ray, concorda? Então cabe dizer que este é o vídeo mais enigmático dos 5 já lançados pela loira de voz fantasmagórica, onde feixes de laser se misturam a símbolos de rituais xamânicos. O vídeo vale também pela aparição dos abajures presentes no design de palco dos shows e de todo o rosto de Karin, que aparece pintada novamente, porém facilmente identificável. É pra rever compulsivamente e se deixar levar pelo resultado espetacular.

Stranger Than Kindness from Fever Ray on Vimeo.

“Stranger Than Kindness” é um cover de Nick Cave que estará na edição deluxe do álbum de estreia do Fever Ray. A nova edição do trabalho também contará com o cover de “Here Before” de Vashti Bunyan. Pra fechar o pacotão bônus, o lançamento – previsto para 24/11 lá fora – também será acompanhado de um DVD com todos os vídeos do projeto e um álbum ao vivo.

Ainda sobre suecos, confesso que nunca me interessei em conhecer pra valer do El Perro Del Mar e o single “Change Of Heart” também não me ajudou a mudar de ideia. Mas o clipe da canção é tão plástico, simples e impressionante que merece um destaque. A princípio, tem cara de ser homoerótico, mas o vigor físico dos bombados é colocado à prova em exercícios exibidos em slow motion que combinam equilíbrio e força e nos dá a impressão de que isto é a coisa mais fácil do mundo de ser feita.

O diretor é Philip Nilsson, irmão de Andreas e com quem trabalhou nos vídeos “Nothing To Worry About” e “It Don’t Move Me” do Peter Bjorn & John.

Por fim, o novo clipe do Fleet Foxes de 2009. Trata-se do The Low Anthem, banda de Folk Rock de Rhode Island que exala um perfume pastoral e mantém os dois pés fincados na Americana. Apesar de já ter três discos na bagagem – sendo o último de 2008 -, a banda só ficou mais conhecida neste ano, quando tocou nos bombados South By Southwest, Bonnaroo, Glastonbury e Lollapalooza.

O vídeo em questão é para a linda “Charlie Darwin”, um stop motion que se inicia com um sujeito navengando por mares calmos e sob o pôr do sol que depois chega em terra firme para enterrar um segredinho que deixa a animação ainda mais melancólica. Clipe dirigido por Glenn Taunton e Simon Taffe.



This entry was posted in Animação, Clipes, Música and tagged , , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook