2562: Dubstep versão 2008


Seria o 2562 o Burial de 2008 em termos de repercussão no dubstep? Se depender das críticas entusiasmadas de sites como o Drowned in Sound e o Dusted Magazine, a resposta é sim.

Saca só essa amostrinha esperta do projeto do produtor holandês Dave Huismans, presente no álbum de estréia, Aerial, lançado em junho:

2562 – Channel Two

Nas primeiras audições, nota-se certa ausência da atmosfera emotiva e humana de Burial em detrimento de incursões (um pouco) mais dançantes e calcadas no techno em alguns momentos.

O blog Camarilha dos Quatro compilou uma série de textos sobre este expoente de um dos gêneros mais avant-garde do momento. Para quem ainda não digeriu o intrincado som do misterioso Burial (como eu), mas quer conhecer mais o dubstep, vale dar uma orelhada no 2562, de assimilação mais imediata.



This entry was posted in Música. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • http://www.tranquera.org Tranquera.org

    O som do Huismans é realmente muito interessante… Parabéns pelo post…