Japonês quer casar com personagem de mangá


“Eu não estou mais interessado em três dimensões. Eu gostaria de me tornar um residente do mundo bi-dimensional.” É assim que Taichi Takashita explica o porquê de ter lançado uma petição online com o intuito de obter uma licença do governo japonês para se casar com uma personagem de um mangá.

“No entanto, isso não parece ser possível com a tecnologia atual. Ainda assim, ao menos, não seria possível autorizar legalmente um casamento com uma personagem bi-dimensional?”, ele pergunta. Em uma semana, mais de mil pessoas se sensibilizaram com o desejo surreal do sujeito, assinando a petição online.

No Japão, o governo permite apenas o casamento entre homens e mulheres e não reconhece o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo. Resta saber qual a opinião do Primeiro Ministro do país, Taro Aso, fã confesso de mangás, sobre o assunto.



This entry was posted in HQ-Mangá, Internet, Trash. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • http://hectorlima.com HectorLima

    ninguém sabe que mangá é?

    tem um jeito rápido de resolver isso sem passar pelo governo: ele fazer uma fanfic – em mangá mesmo – em que casa e vive com a personagem. ele teria de aprender a conviver com as duas dimensões incompletas, mas quem sabe não serve de auto-vudu pra ele conhecer uma personagem ambulante?