Aural Vampire – vampira japonesa e robô psico no Anime Friends em SP


A cantora Exo-Chika e o DJ-produtor mascarado Raveman formam no Aural Vampire [twitter - myspace] uma das duplas mais animezísticas do pop japonês atual e fazem um synthpop dramático [ênfase no "pop", mesmo com algum peso e camadas distorcidas] com influências de New Wave e Industrial praticamente saído da abertura de um anime. E se Tóquio é uma cidade-anime eles vão se sentir em casa sábado que vem no Mart Center em São Paulo.

A convenção Animefriends de mangá e anime acontece este ano simultaneamente à Comicfair e ao SP Gameshow em uma versão maior que a de costume. Começando hoje, dia 9, até o dia 11 e de 15 a 18 de Julho os otakus não saberão para onde olhar: estandes de editoras, workshops com mangakas, salas temáticas, culinária asiática, festivais de cosplay, batalhas campais, concursos de karaokê, palestras de profissionais, prêmio de dublagem e shows. Atualização: O site do Animefriends neste momento está fora do ar – saiba mais sobre o local, horários, preços e programação do evento aqui.

Além das bandas brasileiras [como... Angra, Fake Number e Capslock], haverá shows como o da dupla Piyo Rabbie e de vários intérpretes de animesongs e temas de seriados: Akira Kushida [JASPION, JIRAYIA], Minami Kuribayashi [CHRONO CRUSADE], Misato Aki [STRAWBERRY PANIC], Shinichi Ishihara [SHURATO], Takayuki Miyauchi [WINSPECTOR, KAMEN RIDER BLACK RX, FLASHMAN], Yonekura Chihiro [GROOVE ADVENTURE RAVE].

Apesar do visual de vampira-sereia, do qual fazem partes caninos permanentes, e de maníaco mascarado, a dupla não se leva tão a sério como pode parecer e gosta de um filme de terror com comédia no meio e de um mangá bobo. Na verdade parecem ser tão otakus creepy-fofos quanto seus fãs, como transparece nessa entrevista [ou é persona para agradar os mesmos, nunca se sabe].

O Aural Vampire tem feito circuito de festivais de anime na América do Norte, Central e do Sul, depois de passar por alguns lugares da Europa em 2009. No release, para facilitar as coisas, estão sendo divulgados como uma mistura japonesa de Gwen Stephani e Lady Gaga, mas eu não consigo deixar de lembrar da Madame Mim. O segundo álbum – ZOLTANK – saiu agora em Maio pelo Avex Trax, um selo major no Japão e continua nessa linha.

Eles acertadamente não assumem uma forte influência gótica – é mais um tempero visual [de gothic lolita com visual key, ou qualquer nome específico que a mistura tenha], mas o suficiente para agradar fãs da estética como o diretor Tim Burton [se isso é sinal de alguma colaboração vindoura estamos interessados] e obviamente uma legião de mini-otakus que poderão pular na frente do palco sábado que vem. E se você quiser fazer cosplay da dupla, ela mesma diz como se montar:



This entry was posted in Comportamento, Design, Eventos, HQ-Mangá, Moda, Música and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook