teaser trailer do PUNISHER WAR ZONE


o filme estréia em dezembro deste ano, isso se não for jogado pra janeiro pra manter a política da Marvel de 2 filmes por ano pra serem bem promovidos. aqui tem o link direto, se o vídeo abaixo não funfar.

esse quase passou batido, né. eu tenho postado a respeito aqui quando sai algo no site da diretora alemã Lexi Alexander [HOOLIGANS] e pelo que dá pra ver aqui, sem ironia, tem jeito de ser um dos melhores filmes recentes da Marvel – mais uma vez reformulando a franquia e meio que ignorando os filmes anteriores. nunca assisti ao seriado ROMA, mas o Ray Stevenson parece perfeito, com uma voz grave meio Darth Vader.

falando só por essas cenas, acho que a diretora entendeu que o personagem vem daquela tradição de vigilantes amargurados do fim do anos 70 e começo dos 80 [de DESEJO DE MATAR e DIRTY HARRY] e fez sua Nova Iorque refletir o clima sombrio e decadente em que o crime impera. em termos de tom, o Justiceiro tem mais a ver com os Batmans recentes que com a alegria juvenil do Homem-de-Ferro ou Homem-Aranha. esse filme tem cara de ser algo mais ‘alternativo’ dentro da própria Marvel.

eu gosto do primeiro filme com o Dolph Lundgreen, apesar da tosqueira típica dos filmes do fim dos anos 80, porque tentou captar isso e é um B-zão assumido a que eu assisto hoje numa boa [lá fora só saiu em vídeo, aqui eu vi no cinema]. o segundo, com o Thomas Jane com cara de emo, pegou histórias das HQs mais humorísticas do Garth Ennis e se estrepou porque foi uma comédia não-assumida, que incluía um Johnny Cash assassino. acho que aqui só saiu em DVD de tão mal que foi nas bilheterias gringas – eu assisti na TV a cabo

a reformulação da franquia fica clara na mudança da origem com a cena do parque, mais perto da HQ original. e as cenas de porrada são… porrada, como lado trágico que o personagem precisa ter pra funcionar bem. só não sei se vai ter alguma referência a outros personagens do universo Marvel, e nesse caso nem precisa. mas nesse trailer novo de relance a gente vê uns tubos com líquido azul. pode ser uma arma biológica dos mafiosos, mas me lembrou o soro do Super-Soldado que aparece no Hulk que esteou esta semana e fez o Capitão América ficar fortão. espero que não, mas de qualquer forma tá valendo.



This entry was posted in Cinema, HQ-Comics. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • http://bit-hunter.net/cafedamanhadoscampeoes Pablo Casado

    Também curto o filme do Douph, mas… esse trailer não me empolgou nem um pouco. Na verdade, só me brochou.

    O que é aquela cena do Castle aparecendo em cima da mesa de jantar de uma família mafiosa quando, minutos antes, ele cortou a luz?! Tosco!

    E tem uma declaração da Alexander falando que tentou se afastar do clima “The Shield” que um personagem como o Justiceiro tem – obviamente, uma cutucada no Keith Sutter, roteirista do Shield que teve um script jogado no lixo quando a Lexi assumiu.

    O Ray é legal. Assisti uns três episódios de Roma e ele se destaca.