preview – turma da mônica jovem


eu recebi a revista preview na cerimônia da premiação HQMix e ia postar na aqui; acabei esquecendo e na real estava esperando a versão completa da banca, que ainda não chegou, eu acho. essa que deram tem poucas páginas pra avaliar direito, mas essas são minhas impressões:

sou um entusiasta do Maurício [apesar d ele não creditar o povo do estúdio] e achei muito bem sacada a idéia, curioso ele não ter feito antes. MAS, a julgar pelo preview, não curti o resultado. pelo menos não dessa hq curtinha que mostra a Mônica escrevendo em seu laptop uma introdução à sua turma crescida e cmo eles interagem hoje como amigos de escola que fazem trabalhos juntos.

tirando o fato de a HQ ser em preto e branco, os elementos de mangá prometidos não estão ali, nem na caracterização nem na narrativa; o maior clichê de quando se lembra de mangá – os olhos gigantes – não foram usados aqui [os olhos da Turma normal são maiores]. os painéis que vi da revista completa em si parecem que vão por esse caminho da narrativa rápida com momentos caricatos em que o estilo muda pra reforçar expressões exageradamente, mas o preview lembra mais uma espécie de pré-MALHAÇÃO que outra coisa.

houve uma preocupação forte em deixar a turma o mais… “radical” possível no jeito de falar e se vestir, e a relação entre eles [pelo menos os 4 principais qur aparecem] perdeu um pouco a graça porque se dão bem demais. claro que se os personagens devem crescer é interessante que suas relações mudem com a convivência, mas confesso que estranhei um pouco o Cebolinha se dar muito bem com a Mônica – inclusive dando um créu nela na capa do preview.

como bem notou o Guilherme Kroll na resenha pro UHQ, Cebolinha e Cascão são os que mais “evoluíram” como personagens, mas isso tirou um pouco da graça deles: Cebolinha, cujos 5 fios de cabelo agora são um falso moicano, agora faz sessões com uma fonoaudióloga pra não trocar o R pelo L, coisa que só acontece quando está nervoso. ele é um adolescente hiper-ativo que toca vários projetos ao mesmo tempo [musicais, inclusive] e vive na internet. teoricamente ele teria aberto o site cebola.com.br, que alguém poderia julgar de um Cebolinha do futuro, porque na verdade é de um jornalista-radialista-publicitário etc; o Maurício comeu bola de não registrar isso.

já o Cascão toma banho, ainda que a contragosto, o que tirou um pouco de sua gaça. ok, ele não precisava ser um mendigo ou reggeiro de dread que puxa fumo, mas a coisa ficou, com trocadilho e tudo, sanitizada demais. tudo muito feliz e lalala. ok, é só uma nova introdução a esse universo e pode sair coisa boa daí, inclusive duvido que os personagens fiquem amiguinhos por muito tempo.

meu problema maior foi que as meninas também mudaram, de uma forma que me causou estranheza: Mônica está menos brava [ainda que fortuda e acompanhada do coelho Sansão] e não é mais a “gordinha dentuça” zoada pelo Cebolinha; virou uma tetéia sensível e romântica que narra a história como se estivesse postando no Livejournal. já Magali não está gorda nem anoréxica: ela come bastante mas pega mais leve. só que virou uma periguete apaixonada por um dos professores da escola. WTF? confesso que achei estranho ver as duas como “as garotas comuns mas gostosinhas do colégio”.

não acho que era a intenção, mas parece que os elementos novos – ainda que possam dar margem à histórias interessantes – foram meio que injetados artificialmente e desandaram na mistura. mas estou curioso pra ler a revista completa pra tirar conclusões melhores.

compre: livros e revistas da Turma da Mônica



This entry was posted in HQ-Comics. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • http://www.twitter.com/metheoro Metheoro

    Gente…
    fúcsia-neon estou eu!

  • Thiago

    kkkkkkk preciso ler isso

  • http://leitura_do_dia.blogspot.com Rodolfo S Filho

    Na minha cabeça, a Mônica quando crescesse viraria a Tina. Ou seja – a maior gata.

    Acho que a finalidade toda do projeto é esticar o consumo dos gibis da MSP pelos anos iniciais da pré-adolescencia e só. A força da marca é tão grande que não tem que prestas para vender.

  • http://bit-hunter.net/cafedamanhadoscampeoes Pablo Casado

    Bem, se estamparam o mangá na capa mas não tem nada que corresponda ao estilo narrativo além dos olhos grandes – que, como você mesmo disse, nem tem cara de mangá -, começaram errado.

    Quanto as mudanças na caracterização eu já sou do time que as vê como bons olhos. Mas tipo: se mantivessem as mesmas birras e tal, iria ser um mangá de humor meio insano, daqueles bem chapados, né não? Hahahaha.

    Dando um ar de maturidade ele acaba tendo uma margem de erro menor com o público-alvo, vai ver.

  • Joao Lima

    E o fim do mundo!!!
    Mauricio e Cia. devem ter tomado cha de Ayuasca com Curare porque, sinceramente, nao da pra acreditar que eles tenham concebido isso deliberadamente.
    Pobre Horacio! La, no seu Mundo Esquecido, deve estar louco pra voltar pra dentro do ovo.
    Papai enlouqueceu!!

  • http://naty nathaya frists cem valdem

    goiania,27 de outubro de 2008.

    ola meu nome e nathalya! eu estou deixando esssa mensagem aqui poque eu queria falar q a turma da monica geraçao z foi uma otima invençao eu comprei a revista e li eu adorei todos aqueles fatos historicos e ri muito tambem!!!!!!!!!
    obrigada! pela a atençao de todos !!!!!