os melhores lugares pra comprar HQ em SP


texto completo depois do “more”.

PAULO RAMOS VAI ÀS COMPRAS
[colunista em campo]

NO MUNDO DOS QUADRINHOS

Jornalista e blogueiro de HQs do UOL mostra onde encontrar, em São Paulo, as melhores publicações

Eduardo Knapp/Folha Imagem
A HQMix Livraria promove lançamentos de autores independentes nacionais e noites de autógrafos

PAULO RAMOS
DA REDAÇÃO

Não é difícil encontrar bancas de jornal em São Paulo. E, nelas, histórias em quadrinhos. Mas só isso não acaba com a sede de fãs e colecionadores à procura de publicações do gênero. São poucas as lojas especializadas em quadrinhos, as tais “comic shops”. Por isso, costumam ser freqüentadas pelas mesmas pessoas, geralmente aos sábados ou aos domingos (algumas funcionam durante todo o fim de semana).
A Terramédia, no Cambuci, é a melhor opção para comprar quadrinhos norte-americanos. Alguns títulos chegam por lá poucas semanas depois de serem lançados nos EUA. A loja é vinculada à Devir, que por anos foi a principal importadora de revistas de super-heróis no país. Hoje, a empresa também publica quadrinhos e tem em catálogo obras estrangeiras e nacionais.
São os títulos da Devir que recepcionam o leitor na entrada da loja. Nas beiradas, há os trabalhos de outras editoras nacionais. Mais ao fundo, uma área só para mangás, os quadrinhos japoneses. Outra opção para as revistas nacionais é a Comix, que fica bem perto da avenida Paulista.
A loja tem um diferencial: recebe a maioria das publicações novas dias antes das bancas. E uma dica: não é nada oficial, mas, se a compra for grande, é comum ter um desconto de 10%. Caso não tenha, pechinche. A loja tem um acervo eclético, desde publicações raras até as independentes brasileiras, que foram destaque do setor no ano passado.
A maior concentração de títulos independentes, no entanto, está na HQMix Livraria, no centro de São Paulo. Inaugurada no ano passado, a loja promove, em média, um lançamento por semana, a maioria de autores nacionais. O espaço -que tem verniz de livraria de arte- já se tornou um ponto de encontro de desenhistas e fãs. Uma boa hora para visitar a loja é no sábado à noite, quando geralmente há sessões de autógrafos.
E o visitante pode aproveitar para conhecer a vida cultural da revitalizada praça Roosevelt, que tem bares abertos até a madrugada (a livraria também fecha tarde aos sábados, lá pelas duas da manhã).
O custo de um passeio desses, o fã bem sabe, é alto. Gasta-se muito para manter o prazer da leitura de quadrinhos. O jeito é apelar para promoções ou sebos. Há um muito completo, porém escondido, na rua Augusta, também região central. O Rika Comic Shop fica na sobreloja da galeria Ouro Velho. Na entrada, um sininho avisa aos vendedores que um cliente chegou. Mas eles não costumam interferir no passeio do comprador pelo amplo acervo de publicações antigas.
É melhor ir à loja com uma idéia mínima do que procura para não correr o risco de comprar mais do que pretende. O barato, nesse caso, pode sair bem mais caro.
Publicações mais antigas têm preço salgado para colecionadores. Uma raridade, como o segundo número de “Capitão América”, lançado pela editora Abril em 1979, custa R$ 75. Os títulos novos saem mais em conta. Uma revista de super-heróis de R$ 6,90, lançada há um, dois meses, sai por R$ 5,50, em média. Mas pechinche, nunca aceite o primeiro valor.

ONDE ENCONTRAR
Comix, al. Jaú, 1.998, tel. (11) 3088-9116, São Paulo
HQMix Livraria, pça. Roosevelt, 142, tel. (11) 3258-7740, São Paulo
Rika Comic Shop, r. Augusta, 1.371, loja 10, tel. (11) 3284-4908, São Paulo
Terramédia/Devir, r. Teodureto Souto, 642, tel. (11) 2127- 8752, São Paulo
PAULO RAMOS é consultor de língua portuguesa da Folha e do UOL e é autor do “Blog dos Quadrinhos”



This entry was posted in HQ-Comics. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • Adriana

    Atenção, a Rika é uma boa loja física, mas não compre pela net, que ela não entrega os produtos, não respeita os prazos e ainda trata mal os clientes. FUJA!

  • Marlon Tenório

    Gozado… já comprei dezenas de vezes na Rika e nunca tive problemas… prazo nunca vi ninguém que dependa dos correios respeitar, nem Comix, Banca2000, Sebo do Messias e outras mais que costumo comprar. Tem vez que demora muito, é verdade, mas nunca deixou de vir um pedido meu, mesmo que incompleto (e eles fazem a devolução do dinheiro no mesmo pacote).