Mark Millar liga a máquina de hype: vem aí os Supremos Vingadores


Ao lado do escritor Brian Bendis, o escocês Mark Millar foi um dos grandes responsáveis pelo sucesso da linha Ultimate, universo onde os super-heróis Marvel tiveram suas origens recontadas para o século XXI, a frente das séries Ultimate X-Men e do neoclássico Supremos, versão séria e politizada dos Vingadores.

Após a conclusão de Supremos Vol. II, Millar voltou sua atenção para o universo Marvel tradicional, assumindo a revista do Quarteto Fantástico e a mega-saga de verão Guerra Civil, e para seus projetos autorais, afirmando que um retorno ao universo que ajudou a popularizar fosse difícil.

Bem, nem tanto assim: meses atrás, o escritor, em conversa com o editor-chefe Joe Quesada, percebeu uma oportunidade para contar novas histórias ambientadas no ultiverso. Mas não revelando, apesar de seu retorno oficializado, com qual personagem ou título. Em entrevista ao Newsarama, Millar finalmente abriu o bico: trata-se de um run de dois anos e 24 edições segurando as rédeas de Ultimate Avengers (Supremos Vingadores, numa tradução livre).

Título original da série Supremos antes do ultiverso estrear de fato em 2001, Ultimate Avengers, segundo Millar, mostrará a cada “seis edições um evento completamente novo. A cada seis edições teremos um artista de 1ª linha. Irei produzir esse gibi por dois anos e os quatro artistas que teremos nele são os quatro maiores nomes que a indústria tem a oferecer. Esse gibi vai ser lançado no número um [de vendas] e simplesmente deverá permanecer nele.”

A proposta é fazer com que cada arco de seis edições tenha a ressonância de um blockbuster quadrinístico de verão, como se Guerra Civil e Invasão Secreta acontecessem duas vezes ao ano. Além de histórias distintas, cada arco rotacionará a equipe apresentada. No segundo, por exemplo, intitulado Ultimates Black (hã, Supremos Negros), teremos como protagonistas o time de operações clandestinas apresentados no Vol. I de Supremos.

O retorno de Millar se dará após a conclusão do evento Ultimatum, comandado por Jeph Loeb, que pretende sacudir o status-quo do ultiverso. O escritor pretende levar adiante o plano estabelecido em reuniões com Quesada, o próprio Loeb e Brian Bendis para a linha, que é “fazê-la melhor que o universo Marvel novamente. Todos os gibis [da linha Ultimate] estiverem no top dez em seus primeiros cinco anos, mas as coisas saíram dos trilhos por volta de 2005 e o universo Marvel, de várias maneiras, tornou-se Ultimatizado. Você teve a militarização dos super-heróis pela SHIELD [em Guerra Civil, escrita pelo próprio!], os X-Men revelando suas identidades públicas, e até mesmo o Homem-Aranha deixou de ser casado e está mais parecido com o Ultimate Peter e por aí vai.”

Os planos de Millar envolvem também trabalhar com personagens que ele não teve oportunidade em sua fase anterior na linha, como o Justiceiro, Motoqueiro Fantasma, Blade e, pasmem, a Tumba de Drácula. “Eu tenho todas as histórias pensadas e estou muito excitado com isso.”

O autor espera que suas novas histórias, assim como as contadas nos dois volumes de Supremos, sirvam para as adaptações cinematográficas da editora envolvendo os Vingadores: “Kevin [Feige, presidente e produtor do Marvel Studios] mencionou isso algumas vezes e Zak [Penn, roteirista de X-Men 2 e, blergh, Elektra] teve todo um painel sobre isso na SDCC no verão, onde ele disse que estavam mesmo seguindo as versões Ultimate dos personagens já que são mais fáceis de transpor para a tela. Isso é muito lisonjeiro, é claro.”



This entry was posted in HQ-Comics. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • http://hectorlima.com HectorLima

    ficou grande mesmo, hehe. o garganta p\ mim vai voltar pros Ultimates pq o cupiscou pro joe quesada – já q o millar admitiu que o WAR HEROES da Image é o q ele não usou na marvel. então aposto q o joe q. quer o escocês fazendo dinheiro pra ‘casa de idéias’ e não só pra si mesmo. e aposto deizão q um dos 4 caras vai ser o quitely – provavelmente o último deles.

  • http://bit-hunter.net/cafedamanhadoscampeoes/ Pablo

    Sem contar que ele voltando pros Supremos, que tão sendo usados por Hollywood, é mais auto-promoção pro trampo autoral dele, mesmo que indiretamente.

    E fico pensando se é uma boa arrastarem o Quitely de volta pra Marvel… é bom que o Morrison rode a baiana e a DC prende o cara, hehehe.

  • http://hectorlima.com HectorLima

    total isso, o MM é cachorrinho de hollywood nesse aspecto.

    sobre o Quitely depende d quanto oferecerem. ele falou q ia dar um tempo de HQ pq ele perdia na conversão do dólar em Euro. e não sendo o cara mais rápido do mundo… daí vc vê.

  • Josenild F. M.

    é só esses Me…s não fuçarem na história original como fizeram com os x- man, destruidor, homem de ferro e outros do universo Marvel bagunçando tudo o que nós quadrinhologos vivemos na infância que tá tudo limpo, HÔÔOO mania de mexer no que ta quieto meu DEUS!

  • http://www.myspace/cyberkrisnas Antonio Krisnas

    Putz…muito conveniente essa volta do MM (aliás volta dos que não foram,né?), se atentarmos para o fato que a Marvel tá rachando a cuca criativa dos roteiristas hollywoodianos para organizar o quebra-cabeças de juntar os Supremos Vingadores (??!!)num blockbuster. É rapaziada o buraco é mais embaixo, desta forma, qual a solução ? Hein, hein?…Chama o brameiro…e pelo andar da carruagem esperem por um filme do car*#lho !

  • Edilson da Costa do Nascimento

    Estou esperando o filme dos Vingadores, já assistir ao Homem de Ferro, o qual vi o escudo ao fundo do Homem América bem escondido. Já vi o Incrível Hulk. Espero assistir as sequencias.