frank quitely entrevistado no pulse


as respostas são curtas, bem diretas ao ponto – e não sei ainda pra onde é a ilustração deste post – mas vale muito ler os insights do escocês, um dos melhores desenhistas de HQ da atualidade, sobre vários aspectos de seu trabalho. ilustradores aspirantes também podem tirar proveito de coisas como:

THE PULSE: olhando sua carreira hoje, como você acha que mudou como artista desde que começou nesse mercado?

QUITELY: Narrativa visual.

quando comecei eu me concentrava mais no desenho e tentava deixar as coisas parecerem legíveis sem dar muita atençãopro jeito como a narrativa visual funcionava na verdade.

assim que comecei a aprender sobre como o aspecto da narrativa na arte funcionava fiquei obsecado com isso e desde então gasto cada vez menos tempo nas qualidades superficiais no trabalho de linha e mais e mais explorando os meandros de como a história se desenrola visualmente.



This entry was posted in Artes, HQ-Comics. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook