A melhor capa já desenhada por Rob Liefeld – ou “em defesa de Liefeld”



Capa em branco alternativa de Infinite #1

Eu falei em uma das palestras do HQCon (vídeo em breve) que gosto da arte do Rob Liefeld – ou gostava quando ele apareceu. Afinal eu era adolescente e aquela energia cinética compensava os erros. Achei um desrespeito o cara que quis fazer uma pegadinha com ele em uma convenção dando o livro How To Draw Comics The Marvel Way.

E agora ele aos poucos volta ao estrelato – na verdade nunca saiu de todo – com trabalhos pra Marvel, DC e Image com The Infinite, aventura de viagem no tempo escrita pelo agora todo-poderoso Robert Kirkman pela strong>Image, que de certa forma o adotou como talento “das antigas” que merece alguma moral. A apreciação é tanta que em San Diego alguns fãs (como Rich Johnston, no vídeo abaixo) puderam pegar uma edição especial em capa dura de Infinite #1:.

Então pra dizer a verdade pra mim a melhor capa do Rob Liefeld não é essa alternativa em branco, mas sua fase nos Novos Mutantes, no começo dos anos 90.



This entry was posted in Artes, HQ-Comics and tagged , , , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • Convidado

    Também, arte-finalizado pelo McFarlane, até o Stephen Hawking desenha bem…

    P.S.: O Hector Lima nessa foto de assinatura é a cara do Bruno de Luca!

  • Convidado

     Eu só queria saber como em tanto tempo de desenho o Liefeld NUNCA aprendeu a desenhar pés. Tudo bem que ele não aprendeu a desenhar direito até hoje, mas no caso dos pés chega a ser meio absurdo. Nessa arte com os Novos Mutantes mesmo, no fim do post, todos bombados, musculosos, talvez até melhor desenhados do que de costume. E os pés dos personagens? Todos escondidos ou minúsculos, como é o caso do Cable.

  • Anonymous

    não é minha foto, coloquei o Bruno de Luca pra comentar a iradice das imagens!

  • Anonymous

    ele é autodidata mas não teve – ou ignorou – quem desse algum toque.