TOMB RAIDER – Primeira imagem e informações sobre a nova Lara Croft


Um novo TOMB RAIDER geralmente não é a maior das novidades. LARA CROFT AND THE GUARDIAN OF LIGHT foi um joguinho bacana, mas nem trazia o nome TOMB RAIDER, pois os jogos com esse nome nos últimos anos têm ficado meio que no limbo de não serem péssimos, mas não serem exatamente bons também. Pode ser que alguém fazendo esses jogos finalmente ficou descontente com esse estado de coisas.

A capa da nova revista Game Informer garimpada pelo Joystiq é bem interessante, trazendo a glamurosa Lara toda arrebentada com o que talvez seja um arco-e-flecha em vez das clássicas pistolas. Ao fundo pode ser visto um navio naufragado, o mesmo que na edição passada de Game Informer era visto sob a inscrição: “A survivor is born”.


É certo que nessa vida de gamers já caímos algumas vezes no conto de que “dessa vez, o novo TOMB RAIDER conseguirá se adaptar aos novos tempos”, mas esse daqui parece um genuíno esforço em fazer algo de novo utilizando o imaginário da série. Para começar, o jogo não traz subtítulo, nem numeração de nenhum tipo, é apenas TOMB RAIDER, exatamente como o primeiríssimo jogo da série. Além disso de acordo com Darell Ghallager, da Crystal Dynamics, essa história lida com origens e mostra Lara Croft como nunca visto antes… o que pode significar desde uma emocionante história sobre uma jovem arqueóloga perdida e assustada em um mundo selvagem ou seios pequenos. Quem sabe?

De qualquer forma, algo de interessante é que eu lembro ter lido na última revista EDGE (que, aliás, foi cancelada) algo sobre TOMB RAIDER 2 e lá o colunista dizia algo como TOMB RAIDER trazer um estilo de vida, enfatizando a habilidade de explorar a mansão Croft. O que tínhamos era basicamente uma mulher linda que viajava pelo mundo metendo bala em tigres indefesos e conseguindo artefatos raros porque dinheiro pode comprar felicidade.


Lara Croft sempre teve algo de uma supermodel. Eu gosto dessa imagem, pois ela se esforça, na medida do possível, para fazer de Lara menos uma supermodel usando seu dinheiro infinito na luta contra os tigres do terceiro mundo e mais alguém em uma situação perigosa.

Outras informações vinda do usuário solidsnakex do NeoGaf (que, por sua vez, fez um resuminho da matéria da Game Informer):

O jogo é um reboot de toda a franquia; o que significa que tudo que vimos antes, com a exceção do imaginário geral, pode ser jogado fora, da história até o modelo 3D de Lara, que foi apenas gradativamente atualizado desde o primeiro jogo, agora será inteiramente novo. O que pode realmente significar seios pequenos! Quem sabe? Esse é um mundo insano!

Lara terá 21 anos, precisará de comida e água para sobreviver enquanto explora um cenário que, de acordo com o desenvolvedor, será mais aberto e permitirá uma exploração menos linear do que nos jogos passados. Ms Croft irá interagir com outros seres humanos e poderá sofrer algumas mortes bem brutais (exemplos: um assassino a esfaqueia no peito e fecha seus olhos enquanto ela perde as forças nos braços. Uma pedra prende sua perna e enquanto tenta se libertar outra esmaga o resto desse corpinho lindo), o sistema de tiro não terá mais a opção de travar a mira automaticamente no inimigo; ao invés disso exige que você de fato mire e atire, como acontece na maioria dos jogos.

Essas informações me fazem lembrar de RESIDENT EVIL 4, que não é de forma alguma um jogo ruim com o qual ser comparado, mas sinto que vai demorar algum tempo até que tenhamos informações mais sólidas.

Enquanto isso. GET HYPE.

TOMB RAIDER, sem data de lançamento, sabe-se lá pra qual console.



This entry was posted in Design, Games, Revistas and tagged , , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • Rafagoom

    Ela mantém a boquitcha Vanessão.

  • Mara

    Ai meu Pai !!!!… Logo mais não será Miss Croft tb! Ela perderá a memória e será registrada com outro nome. Uma das pedras que “esmagará aquele corpitchu lindo” afetará seu cérebro e ela assumirá uma nova personalidade. Será outra pessoa, com outro nome, com outra personalidade e resolverá curtir outros hobbies – o que significa que ela detestará amuletos e qqer coisa relacionada a arqueologia! Francamente, mudar é ótimo, mas entregar um mito desses a mãos e cérebros incompetentes é o fim ! Que decepção!…