a família vs. HOUSE OF THE DEAD: OVERILL


o Pro Family Perspective, um grupo australiano pela moral e bons costumes, está querendo tirar de circulação o jogo de matar zumbi de incentivar a violência.

não ajudou o fato de HOUSE OF THE DEAD ter entrado no Guiness Records por ser o game com o maior número de palavrões da História: 189 “fucks”, motivo de orgulho irônico pro roteirista Jonathan Burroughs.

a Sega se defende da acusação do grupo apontando o óbvio: no jogo não se mata gente, mas zumbis. D’oh. o jogo pra Wii foi bem recebido por fãs do console em busca de uma diversão um pouco mais voltada pra adultos, ainda que seja um entretenimento bem juvenil.

o fato é que o game é apresentado de uma forma muito parecida com o filme GRINDHOUSE, como se fosse um filme apelativo dos anos 70 cuja cópia de película já ficou gasta, e por isso já ganha muitos pontos comigo:

e é o que eu sempre digo: se violência no entretenimento influenciasse realmente todas as pessoas, nós nunca teríamos nascido porque nossos avós teriam se matado de tanto assistir aos TRÊS PATETAS:

—-

compre: game HOUSE OF THE DEAD: OVERKILL



This entry was posted in Games, Política, Trailers. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook