sigismondi


Sempre que falo em borboletas eu lembro da Floria Sigismondi, e isso não é uma piada infame. Floria é uma diretora italiana, que fez dezenas de clipes obscuros e bonitos, pra bandas como Incubus, White Stripes, Interpol e Christina Aguilera, esse último talvez o melhor da cantora, inspirado nas borboletas.

A italiana tem uma carreira longa na fotografia, e seus clipes geralmente têm um aspecto surreal, uma coisa assim meio mundo dos sonhos bizarros. Ela já colocou a Fiona Apple num navio com marinheiros coreografados, Robert Smith pra arrumar a casa, deu asas a Hitler e jogou um cavalo branco em cima da modelo Karen Elson.

A novidade é que em 2006 a diretora se aventurou no projeto de um curta-metragem, o “Postmortem Bliss”, que fala sobre drogas e é todo deprê. O visual é interessante, mas fica atrás de tudo o que ela já fez em videoclipes. Em uma entrevista Floria declarou que estava certa que não poderia utilizar todos os recursos visuais de um videoclipe no curta, ou o tornaria muito cansativo.

Clicando em more você pode assistir, além do curta, uma entrevista da diretora contando como surgiu a idéia.


Postmortem Bliss

FLORIA SIGISMONDI – Postmortem Bliss

Entrevista com Floria Sigismondi



This entry was posted in Cinema. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook