SESI Brasil: III Mostra de Cinema Brasileiro começa amanhã em Maceió


Meio estranho a divulgação da programação de um evento de cinema (ou de literatura, HQ e afins) fora de um grande centro, hein?

Pois é: isso é só mais uma prova de que iniciativas pequenas costumam gerar, com o tempo, frutos maiores e maduros, promovendo o acesso e a promoção da produção cultural em todo o país.

Amanhã o Centro Cultural do SESI Alagoas dá um exemplo disso com a 3ª edição de sua Mostra de Cinema Brasileiro, (aqui) em Maceió. Serão curtas-metragens, longas de ficção e documentários, além de exposição de fotografias e apresentação com uma banda local.

O evento conta com a presença dos diretores Rosemberg Cariry, José Eduardo Belmonte e Camilo Cavalcante.

A Goma estará presente cobrindo a mostra.

Segue a programação completa:

Em sua terceira edição, o evento vai exibir 30 filmes com a presença de 3 cineastas

2009 foi um ano surpreendente para o audiovisual brasileiro. Nas bilheterias, os filmes[bb] nacionais tiveram um desempenho próximo aos números de 2003, a melhor safra da Retomada até então. O sucesso de público e o reconhecimento da crítica internacional atestam o momento fértil. E para celebrar a fase, o Centro Cultural Sesi promove a maior mostra de cinema brasileiro já feita em Alagoas. Em sua terceira edição, a Sesi Brasil vai exibir, entre os dias 27 de novembro e 04 de dezembro, 30 obras que foram destaque nos principais festivais de cinema do país em 2009.

Uma chance única para conferir produções inéditas no Estado, e algumas até no circuito brasileiro, como os filmes Meu Mundo em Perigo, do brasiliense José Eduardo Belmonte, e Siri-Ará, de Rosemberg Cariry. Também diretor do recente Se Nada Mais Der Certo – grande vencedor do troféu Redentor no Festival do Rio – Belmonte é um dos convidados da mostra, e estará no Cine Sesi para acompanhar as duas sessões, nos dias 28 e 29 de novembro, junto com a atriz Carolina Abras, um dos destaques do filme.

Em sua abertura, no dia 27, a Sesi Brasil – III Mostra de Cinema Brasileiro vai receber o diretor cearense Rosemberg Cariry, que lança o documentário Patativa do Assaré: Ave Poesia.

Na programação, documentários[bb] premiados como Moscou, de Eduardo Coutinho, e O Milagre de Santa Luzia, de Sérgio Roizenblit, dividem espaço com alguns dos principais longas de ficção lançados esse ano. No Meu Lugar, do estreante Eduardo Valente, e Filmefobia, de Kiko Goifman, são alguns dos destaques. Rodado em Viçosa, a adaptação da obra de Graciliano Ramos, São Bernardo, de Leon Hirszman, restaurada recentemente, encerra a mostra no dia 04 de dezembro. Na sequência, a banda Xique Baratinho Baratinho sobe ao palco mostrando parte do repertório de seu novo disco.

CURTAS-METRAGENS TERÃO EXIBIÇÃO GRATUITA

Como tem sido tradição em todas as suas edições, esse ano a mostra Sesi Brasil traz um panorama do que tem sido produzido no curta-metragem nacional. Uma novidade nessa terceira edição é que os curtas serão exibidos numa sessão especial, às 3h, com entrada gratuita.

Entre as atrações está Ave Maria ou Mãe dos Sertanejos, curta do pernambucano Camilo Cavalcante que concorre no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro[bb], e terá sua segunda exibição no país em Maceió. Camilo também desembarca na cidade dia 30 de novembro para acompanhar a exibição de seis dos seus filmes.

SERVIÇO:
O quê: Sesi Brasil – III Mostra do Cinema Brasileiro
Onde e quando: De 27 de novembro a 04 de dezembro, no Centro Cultural Sesi
Ingresso:
R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia entrada) por sessão;
R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada) por programa (2 filmes);
R$ 70 (Mostra completa + camiseta Sesi Brasil)
Informações: 3235 5191 ou www.centroculturalsesi.com.br

PROGRAMAÇÃO:

Abertura – dia 27 de novembro
19h – Exposição fotográfica Idílios: à margem, de Tchello d’Barros
20h – Filme Patativa do Assaré: Ave Poesia, de Rosemberg Cariry
- Sinopse: Documentário sobre a biografia do poeta cearense Patativa do Assaré.
*Com a presença do diretor.
21h30 – Coquetel

Dia 28/11

15h – Curta às 3
A Mulher Biônica (CE) – Ficção – 19’
Blackout (RJ) – Ficção – 10’
Menino Aranha (SP) – Documentário – 13’
16h – Reprise: Filme Patativa do Assaré: Ave Poesia, Rosemberg Cariry
17h30 – Siri-Ará, de Rosemberg Cariry
- Sinopse: Mestiço brasileiro percorre o sertão cruzando com grupos de folguedos dramáticos populares.
19h10 – Moscou, de Eduardo Coutinho
- Sinopse: Documentário registrando a montagem da peça As Três Irmãs, de Anton Tchekhov, em apenas três semanas.
20h30 – Se Nada Mais Der Certo, de José Eduardo Belmonte
- Sinopse: Quatro pessoas se tornam amigas e decidem aplicar golpe para resolverem seus problemas.
*Com a presença do diretor.

Dia 29/11

15h30 – Reprise: Moscou, de Eduardo Coutinho
17h – Reprise: Se Nada Mais Der Certo, de José Eduardo Belmonte
19h30 – Iluminados, de Cristina Leão
- Sinopse: Documentário sobre grandes fotógrafos de cinema que contribuíram para a cinematografia brasileira.
21h20 – Meu Mundo em Perigo, de José Eduardo Belmonte
- Sinopse: Homem luta para manter a guarda de seu filho e sua situação piora quando se envolve em um acidente.

Dia 30/11

15h30 – Reprise: Iluminados, de Cristina Leão
17h20 – Cantoras do Rádio, Gil Baroni e Marcos Avellar
- Sinopse: Documentário sobre momento de ouro das cantoras da música popular brasileira na Era do Rádio.
19h – Mostra Camilo Cavalcante
- Mostra de curtas e bate-papo com o diretor.

Dia 01/12

15h – Curta às 3
Distração de Ivan (RJ) – Ficção – 15’
Muro (PE) – Ficção – 18’
Superbarroco (PE) – Ficção – 16’40”
16h30 – Reprise: Cantoras do Rádio, Gil Baroni e Marcos Avellar
17h40 – Siri-Ará, de Rosemberg Cariri
19h30 – Coração Vagabundo, de Fernando Grostein Andrade
- Sinopse: Registra a turnê A Foreign Sound, de Caetano Veloso, por São Paulo, EUA e Japão.
20h30 – Ainda Orangotangos, de Gustavo Spolidoro
- Sinopse: Casal chinês cruza a cidade de Porto Alegre em vagão de metrô vivendo situações-limites.

Dia 02/12

15h – Curta às 3
Nós Somos Um Poema (RJ) – Documentário – 17’
Trópico das Cabras (DF) – Ficção – 23’
Os Filmes Que Eu Não Fiz (MG) – Ficção – 16’
16h30 – Reprise: Coração Vagabundo, de Fernando Grostein Andrade
17h30 – Reprise: Ainda Orangotangos, de Gustavo Spolidoro
19h – Filmefobia, de Kiko Goifman
- Sinopse: Diretor de um documentário explora os limites psicológicos das pessoas, expondo-as as suas fobias.
20h30 – No Meu Lugar, de Eduardo Valente
- Sinopse: Policial afastado se vê obrigado a intervir em assalto numa residência em bairro de classe média.

Dia 03/12

15h – Curta às 3
Corpo Presente: Beatriz (SP) – Ficção – 20’
Blackout (RJ) – Ficção – 10’
Menino Aranha (SP) – Documentário – 13’
16h – Reprise: Filmefobia, de Kiko Goifman
17h20 – Reprise: No Meu Lugar, de Eduardo Valente
19h15 – O Milagre de Santa Luzia, de Sérgio Roizenblit
- Sinopse: Documentário percorre regiões onde a sanfona teve destaque e onde surgiram seus maiores intérpretes.
21h – Budapeste, de Walter Carvalho
- Sinopse: Ghost writer volta ao Brasil após viver aventura na Hungria e precisa lidar com os problemas cotidianos.
*Com a presença do diretor.

Dia 04/12

19h – Sururu Mix
- Exibição de curtas alagoanos.
20h – Encerramento: S. Bernardo, de Leon Hirszman
- Sinopse: Filme baseado na obra homônima do escritor alagoano Graciliano Ramos.
22h – Show da banda Xique Baratinho



This entry was posted in Cinema and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook