Mini-Guia do Cinema Nacional em 2009


O site FILME B, especializado no mercado de cinema brasileiro, liberou uma lista com as estréias nacionais de 2009. A GOMA reuniu informações sobre alguns deles num guia rápido pro leitor ficar informado do que vai chegar nas telas (ou não) no ano que começa.

Se Eu Fosse Você 2

seeufossevoce

Sinopse: Cláudio e Helena estão prestes a se separar, quando mais uma vez trocam de corpos repentinamente. Dirigido por Daniel Filho (Primo Basílio) e com Glória Pires, Tony Ramos, Cássio Gabus Mendes, Maria Luísa Mendonça, Marcos Paulo e Chico Anysio no elenco.
Direção: Daniel Filho
Estreia: 02 de Janeiro

No fim de semana de estreia rendeu 5,7 milhões de reais, levando o título de maior estreia do cinema da retomada.

O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes

Sinopse: “O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes” é uma nova história do inspirado grilo azul que já havia encantado as famílias no primeiro filme. Agora, Grilo Feliz quer gravar um CD , mesmo desejo de uma divertida banda de rap formada por sapos, porém ambos se deparam com a vilã Trambika, que pirateia suas músicas, e acaba por unir sapos e insetos numa inesperada aventura.
Direção: Walbercy Ribas
Estreia: 09 de Janeiro

A animação foi produzida pela tradicional Start Desenhos Animados e pelo trailer podemos notar umas sacadas boas como a referência ao Canecão e o uso de músicas nacionais populares na trilha.

A distribuidora MovieMobz, apareceu em 2008 com uma idéia bem bacana de mobilização regional pela internet, e pra 2009 reuniu vários documentários de produtoras diferentes, pra lançar durante o ano. Alguns deles:


Titãs – A Vida até Parece Uma Festa

Sinopse: Os Titãs contam sua própria história. Em ritmo de aventura, com cenas inéditas da vida dentro e fora dos palcos, gravações de álbuns antológicos e de grandes sucessos desde os primórdios até hoje em dia, o filme conta com imagens captadas por eles e principalmente por Branco Mello, que em 1984 saiu gravando tudo que acontecia com o grupo naquele momento de explosão musical que foram os anos de 1980.
Direção: Branco Mello e Oscar Rodrigues Alves
Estreia: 16 de Janeiro

Favela on Blast
Sinopse: O documentário “Favela on Blast” mostra a cultura em torno do Funk Carioca, ritmo musical que mescla o Funk eletrônico americano da década do 80 com as diversas influências da música brasileira. O baile funk é provavelmente um dos movimentos musicais mais interessantes no mundo e certamente vem de um dos lugares mais violentos e pobres, as favelas do Rio de Janeiro. O funk carioca personaliza o cru, bombásticos ritmos do Miami bass americano, loops e samples de batidas de sambas unidos a poderosos vocais de rap no linguajar brasileiro.
Direção: Leandro HBL e Wesley Pentz
Estreia: 6 de Fevereiro

Um dos diretores, o Wesley Pentz, é mais conhecido como DIPLO, um dos caras que disseminou o Baile Funk pela Europa.

Rita Cadillac, A Lady do Povo
Sinopse: O diretor Toni Venturi (Dia de Festa) apresenta a vida e a carreira de Rita Cadillac.
Direção: Toni Venturini
Estreia: 13 de Março

Mamonas – O Documentário (em produção)
Sinopse: A história da banda Mamonas Assassinas, cuja meteórica carreira – de oito meses e mais de 3 milhões de discos vendidos – foi interrompida pelo acidente aéreo que culminou na morte de seus cinco integrantes, chocando e comovendo o Brasil.
Direção: Claudio Khans
Estreia: 6 de Março

Loki, Arnaldo Baptista
Sinopse: Cinebiografia do músico Arnaldo Baptista, ex-integrante dos Mutantes, contada através de um quadro traçado pelo próprio artista. A pintura é intercalada com imagens históricas que remetem aos principais momentos de sua trajetória artística, que fizeram dele um dos principais nomes do rock brasileiro. Depoimentos de Tom Zé, Nelson Motta, Gilberto Gil, Sean Lennon, entre outros.
Direção: Paulo Henrique Fontenelle
Estreia: 20 de Março

Simonal, ninguém sabe o duro que dei
Sinopse: História da ascensão e queda de Wilson Simonal (1939-2000), cantor que conseguiu status de estrela numa época em que no Brasil isso era raridade para artistas negros. De origem humilde, ele ganhou destaque na televisão nos anos de 1960, rivalizando com o domínio de Roberto Carlos e outros ídolos da Jovem Guarda. No auge da fama, dividiu o palco com a cantora Sarah Vaughan, em visita ao Brasil. Acompanhou a seleção brasileira ao México na conquista do tricampeonato, em 1970, e até arriscou a reflexão política sobre a negritude, na canção “Tributo a Martin Luther King”, composta em parceria com Ronaldo Bôscoli. Um incidente nunca esclarecido, envolvendo agentes do DOPS e um ex-empregado seu, lançaram sobre ele um processo criminal e a suspeita de que fosse delator para as forças de repressão.
Direção: Claudio Manoel, Micael Langer e Calvito Leal
Estreia: 05 de Abril

Atores assumindo a direção são uma consequencia natural no cinema. No fim do ano tivemos o “Feliz Natal” do Selton Melo, e em 2009 Malu Mader e Matheus Nachtergaele nos respectivos:

Contratempo
Sinopse: Oportunidade e determinação através da história de meninos que obtiveram uma oportunidade na vida e estão sabendo aproveitá-la. Por meio da música, eles têm a chance de escapar do destino e podem escolher um novo caminho. A música é a tábua de salvação. Ela é que permite que sonhem com uma vida melhor. Na arte, ninguém é diferente. A arte traz um novo foco para esses jovens, eliminando a falta de perspectiva e definição que costuma marcar suas vidas. Deixam de ser excluídos e sentem-se novamente indivíduos.
Direção: Malu Mader e Mini Kerti
Estreia: 20 de Março

A Festa da Menina Morta

a festa da menina morta

Sinopse: Uma população ribeirinha do rio Amazonas comemora todos os anos a Festa da Menina Morta, em referência à entrega dos trapos de uma jovem desaparecida. Dirigido por Matheus Nachtergaele e com Daniel de Oliveira, Jackson Antunes, Dira Paes e Cássia Kiss no elenco.
Direção: Matheus Nachtergaele
Estreia: 7 de Fevereiro

Garapa
Sinopse: Documentário que acompanha a rotina de três famílias cearenses durante 30 dias, a fim de mostrar como a fome se manifesta do ponto de vista pessoal de quem a sofre.
Direção: José Padilha
Estreia: 08 de Fevereiro

O Menino da Porteira
Sinopse: O peão e boiadeiro Diogo (Daniel) traz uma vasta boiada para vender ao Major Batista (José de Abreu), dono da Fazenda Ouro Fino. Ao passar pelo Sítio Remanso, encontra o menino Rodrigo (João Pedro), de quem fica amigo. Aconselhado por outros criadores, Diogo desiste de vender o gado ao Major, que manda seus capangas expulsarem o peão do lugarejo.
Direção: Jeremias Moreira
Estreia: 06 de Março

Bela Noite para Voar
Sinopse: O romance secreto do presidente Juscelino Kubitschek com a bela e inteligente Maria Lúcia, esposa do deputado José Pedroso. Essa é a trama central da história aqui contada e que transcorre em um só dia, no ano de 1958, durante o vôo no qual JK conheceu Maria Lúcia. O romance entre eles durou 18 anos, terminado apenas com a morte de JK num acidente automobilístico, em 1976. Baseado no livro escrito pelo jornalista Pedro Rogério Moreira.
Direção: Zelito Viana
Estreia: 27 de Março

Ouro Negro
Sinopse: Longa-metragem de ficção, baseado em fatos reais, sobre a trajetória dos pioneiros no Brasil. 115 min. 2007.Rio de Janeiro. João Martins (Danton Mello), aprendiz do médico e geólogo alemão, José Gosch (Odilon Wagner), implanta uma companhia de petróleo no Estado de Alagoas, realizando um antigo sonho, mas enfrenta a pressão dos trustes internacionais, que afetam drasticamente a sua vida pessoal.
Direção: Isa Albuquerque
Estreia: 20 de Março

Se Nada Mais der Certo
Sinopse: Aquele jogo na Barra Funda não deu certo, aquele serviço com o Gordo não deu certo, aquele truque do Antenor não deu certo, aquele negócio com o padre também não deu certo, aquele cara que o Abílio pediu pra votar não deu certo, aquele trampo era roubada, aquele DVD pirata que comprei não funcionou, aquele final de semana não deu certo… Mas tudo vai dar certo.
Direção: José Eduardo Belmento
Estreia: 26 de Abril

Tempos de Paz
Sinopse: Em 1948, na sala de imigração do porto do Rio de Janeiro, ocorre um embate entre o interrogador da polícia e um ator polonês, fugindo do nazismo.
Direção: Daniel Filho
Estreia: 31 de Maio

A Mulher Invisível
Sinopse: Após uma desilusão amorosa, Pedro (Selton Mello), um romântico incurável, acredita ter encontrado a mulher ideal: Amanda (Luana Piovani), sua bela, amiga e dedicada vizinha. Ao mesmo tempo, seu amigo Carlos (Vladimir Brichita), pragmático, não acredita em amor e o desencoraja a investir numa relação com uma mulher que ninguém conhece. Mas Pedro está, definitivamente, apaixonado… E ela é maravilhosa. Pelo menos até Pedro começar a desconfiar de que ela tem um único mas terrível defeito – Amanda não existe!
Direção: Claudio Torres
Estreia: 05 de Junho

Apenas o Fim
Sinopse: Para fugir de sua vida comum, uma garota abandona seus pais, seus amigos e o namorado Antônio sem dar explicações. Porém, antes de partir, ela resolve passar a última hora com o namorado, tendo com ele uma longa conversa, enquanto caminham pela faculdade. Eles falam do relacionamento, lembrando o passado, imaginando o futuro e discutindo uma série de medos e questões envolvendo a geração da qual fazem parte.
Direção: Matheus Souza
Estreia: 12 de Junho

Jean Charles
Sinopse: A história de Jean Charles de Menezes, confundido com terrorista e assassinado pela polícia de Londres.
Direção: Henrique Goldman
Estreia: 26 de Junho

Muitos desses filmes já foram exibidos nas mostras de cinema pelo Brasil, e muitos vão passar longe das grandes salas, mas é bacana ficar por dentro e assistir os que despertam interesse e dar uma força pro cinema nacional. Ficadica!



This entry was posted in Cinema. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • Nathalia

    Bom trabalho!
    Eu quero ver o da menina morta, garapa, aquele que dá tudo errado mas vai dar tudo certo e favela on blast. e vou ver também o do grilo feliz, beijos.

  • http://hectorlima.com HectorLima

    boa lista! =D

    já assisti aos documentários de música FAVELA ON BLAST, LOKI e NINGUÉM SABE O DURO QUE DEI. todos muito bons, mas o do Simonal é FODA DEMAIS.

    quero ver o do Titãs tb e várias das ficções.

  • yumi

    Matheus Nachtergaele como diretor, será interessante.
    Agora, como tem cine-biografias em 2009! E essa idéia de misturar música e cinema… sei lá, sei não. Nunca me agradou muito. Simonal, Titãs, Favela on blocks, Rita Cadillac, Mamonas… devem gerar aquela relação amor-ou-ódio.
    MAs sem dúvida os irmãos Mello e a estréia de Matheus Nachtergaele como diretor serão esperados com unhas roídas.

  • http://hectorlima.com HectorLima

    titãs, simonal, favela e rita são documentários,não cine-biografias. ;-)

  • alexandre

    Muito legal os lançamentos ,principalmente Titãs – A Vida ate pareca uma Festa, mas eu queria saber do filme Faroeste Caboclo, baseado na letra da musica do Legião Urbana

  • http://rpgplayers.net/ Fagner

    Olha, no dia em que fizerem um filme de ação tão bom quanto os gringos ou então tão épico quanto The Lord of The Rings ( isto é, nunca) aí sim eu começo a olhar filmes brasileiros.

  • http://hectorlima.com HectorLima

    procura o filme NO CORAÇÃO DOS DEUSES.
    é a aventura feita no brasil que mais chega perto do seu gosto pra fantasia RPGística.