DINOSHARK de Roger Corman vai aterrorizar os americanos hoje à noite


Talvez você tenha perdido na cerimônia do Oscar uma homenagem-relâmpago feita a um senhorzinho de 81 anos que só pôde se levantar e acenar antes que fosse cortado. Era Roger Corman, diretor de quase 60 filmes e produtor de quase 400, a maioria deles no gênero de terror e ficção científica. O avô do trash nunca abandonou a produção, e hoje lança no canal SyFy seu mais recente filhote: uma mistura de dinossauro com tubarão.

DINOSHARK conta a história de um pescador (Eric Balfour, do seriado 24 e do remake de MASSACRE DA SERRA ELÉTRICA) desacreditado pela comunidade de um resort mexicano que tem de impedir que o monstro despertado pelo aquecimento global jante todos os turistas, em especial garotas de biquíni. A direção é de Kevin O’Neill, o mesmo de DINOCROC, sucesso de 2004.

Sim, sucesso. Os filmes de Corman são produções de pequeno ou médio porte [cerca de US$ 2 milhões] pra faturar, o que acontece em 99% dos casos. Não à toa ele escreveu um livro chamado COMO FIZ CEM FILMES EM HOLLYWOOD SEM PERDER UM CENTAVO: desde 1954 com MONSTER OF THE OCEAN FLOOR, ele sabe que o público que se divertir e se assustar. O que ele chegou a fazer produzindo de 10 a 12 filmes por ano, em determinada época.

Essa grande demanda o levou a acabar lançando gente boa como os atores Jack Nicholson, Peter Fonda, Bruce Dern, Michael McDonald, Dennis Hopper, Talia Shire, Robert De Niro e David Carradine. Grandes diretores também tiveram sua primeira chance sob a tutela de Corman: Francis Ford Coppola, James Cameron, Jonathan Demme, Ron Howard, Martin Scorsese, Peter Bogdanovich e Joe Dante [cujo PIRANHA ganha refilmagem este ano].

Infelizmente a produção de Corman hoje, em parceria com a esposa Julie, é bem mais reduzida, e longe dos cinemas: de 4 a 6 filmes por ano lançados direto em DVD, alguns com pré-estréias principalmente no canal SyFy, que tem no sábado à noite o horário nobre de filmes B [ou Z]. Esse é o modelo de distribuição perfeito para seus filmes que, somados à venda de direitos internacional, acabam se pagando antes mesmo de serem lançados.

Em uma interessante entrevista ao Earth’s Mightiest, Roger e Julie explicam que DINOCROC fez tanto sucesso que o canal pediu um novo filme de monstro aquático, então surgiu DINOSHARK – ambos conceitos criados por Corman. O canal chegou a fazer pesquisa de mercado e viu que a audiência sobe mesmo é com filmes de monstro. Então tiveram a infame idéia de SHARKTOPUS, que Corman vai começar a produzir em breve.

Os filmes são B, mas Corman leva a sério o que faz, mesmo consciente de estar produzindo os descendentes dos antigos filmes para drive-ins. E ele sabe que muitas de suas obras são mais que trash divertido – ele menciona uma conversa interessante a respeito na festa do Oscar desse ano com seu herdeiro estilístico, Quentin Tarantino.

DINOSHARK será exibido hoje às 21h no canal americano SyFy e deve ser lançado em DVD em breve. Sem previsão ainda para ser exibido na versão brasileira do canal.

[compre: filmes de Roger Corman em DVD]

bônus: trailer de DINOCROC [2004]



This entry was posted in Cinema, TV and tagged , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook