Marcelo Tinoco constrói natureza ficcional na Galeria nuVEM


Fica até o dia 29 de Maio a mostra individual ‘Fotorama´ do fotógrafo Marcelo Tinoco na Galeria nuVEM, no bairro da Vila Madalena, em São Paulo. Composta por 10 fotografias (cor) inéditas, com tamanhos entre 1 e 1,6 m, a mostra, que é resultado de pesquisa de três anos, reflete sobre as relações entre ato fotográfico e a criação ficcional na cultura contemporânea.

Impressas digitalmente em papel de algodão e montadas em caixa de acrilico, as fotografias desta série seguem um caminho particular, sendo as cenas registradas de forma digital e com cunho documental, tomando o lugar de uma anotação ou fragmento (natureza, pessoas ou situações), contrariando as questões disitinas do fotojornalismo e do processo do “instante decisivo”, defendido pelo fotógrafo francês Cartier-Bresson (1908-2004).

Posteriormente, Tinoco cria um dispositivo de arquivamento dos instantes fotográficos, organizando pastas, categorias e seleções. Seu último passo é construir quadros cênicos de grandes propoções, adquirindo o efeito de autênticos Dioramas – modo de apresentação artistica, de maneira muito realista, de cenas da vida real, usado em 1822 por Louis Daguerre e popularizado, no final do século XIX, pelo uso no Museu Americano de História Natural, nos EUA, pelo curador Frank Chapman. O artista ‘fabrica’ uma natureza calculada, graças à manipulação digital, o rigor fotográfico e um trabalho de calibragem de luz, criando efeitos de tridimensionalidade e hiper-realismo.

“Nas narrativas cenográficas desse fotógrafo-taxidermista, predominam as estratégias de remixagem, partidárias de uma cultura sampler. As paisagens, as personagens, as situações – primeiro documentadas em viagens, logo dissecadas e arquivadas em banco de dados – são submetidas a um exercício de reciclagem que resulta em imaginário nômade. Em cada imagem, a colagem de instantes decisivos e a aproximação de geografias até então díspares”, afirma crítica de arte e documentarista Paula Alzugaray no texto crítico.

Perfil

Marcelo Tinoco nasceu em 1967 em São Paulo, onde vive e trabalha. Graduou-se em Artes Plásticas na Faculdade Armando Alvares Penteado (FAAP), em São Paulo, em 1992, além da formação em fotografia básica, avançada e publicitária na Escola Imagem e Ação, em 1993. Estagiou no estúdio Abril e como fotógrafo, assistente e laboratorista da fotógrafa Dulce Soares (sua mãe), ambas em 1993. Em 1996, participa de cursos de Photoshop e Manipulação de Imagem no Senac -SP. Desde os 14 anos tem contato com o mundo fotográfico.

Quando jovem, formou uma banda de rock (Os Peixes), fazendo apresentações em São Paulo e Rio de Janeiro, mas quando se forma, se dedica totalmente a fotografia de publicidade, editorias e livros de arte. Em 2008, participou da mostra coletiva ‘Lugares’ na Galeria Mezanino, organizada por Renata do Cara, em São Paulo.

A Galeria nuVEM, que funciona de segunda a sexta, das 11 às 19h e aso sábdos, das 11 às 19h, fica à rua Matheus Grou, 355, na Vila Madalena, em São Paulo. O telefone é 11 3061.1237.

Colado do release



This entry was posted in Artes, Eventos, fotografia and tagged , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook