Começa hoje a exposição “Cenas da Infância: 60 anos pós-guerra no Japão”


Recortes no tempo e no espaço do Japão[bb] serão apresentados em 100 peças fotográficas pela primeira vez no Brasil.

Retrato das transformações do cotidiano japonês contado por crianças. Esta é a proposta da exposição fotográfica que a Fundação Japão e a Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – Bunkyo organizam para janeiro de 2010. Com enfoque na vida cotidiana das crianças, a mostra aborda a transformação social no país asiático após a devastação da Segunda Grande Guerra Mundial.


©Ken Domon, The Japan Foundation

Maria, filha de Haruo, e Maria Tomita, sobrinha, 1955
Local: Sítio Tomita, Londrina-PR

Foto: Haruo Ohara / Acervo Instituto Moreira Salles


©Ihee Kimura, The Japan Foundation

Terreiro de café – Sunao, filho de Haruo, c. 1949
Local: Chácara Arara, Londrina-PR

Foto: Haruo Ohara / Acervo Instituto Moreira Salles

Retratadas pelas lentes de conhecidos fotógrafos como Nobuyoshi Araki e Ken Domon, entre outros nomes, as fotografias nos conduzem não somente ao conhecimento do panorama histórico do Japão em imagens até os dias atuais, mas também à reflexão do comprometimento dos homens com a paz.


©Kazuyoshi Miyosh, The Japan Foundation

Ciro e Maria, filhos de Haruo, 1950
Local: Chácara Arara, Londrina-PR

Foto: Haruo Ohara / Acervo Instituto Moreira Salles

A coleção pertence ao acervo da Fundação Japão, que organiza exposições itinerantes internacionais com o intuito de promover o intercâmbio cultural entre os povos. Depois do Brasil, a mostra segue para Venezuela, em 2010. Anteriormente, ela passou pelos Estados Unidos, Costa Rica, Honduras, Alemanha, Nova Guiné, Tanzânia, Bósnia, Irã, Arábia Saudita e Camarões.

Criança com jaca, c. 1950
Local: Chácara Arara, Londrina-PR

Foto: Haruo Ohara / Acervo Instituto Moreira Salles

Haruo Ohara
Paralelamente, acontece uma mostra digital de 61 fotos do extenso acervo fotográfico de Haruo Ohara (1909-1999), com apoio do Instituto Moreira Salles (IMS). As crianças, descendentes dos imigrantes japoneses, retratadas pelas lentes de Ohara (também japonês que migrou para o Brasil em 1927), demonstram muitas vezes uma conversa nem sempre paralela, mas congruente com a história das crianças japonesas.

Em 2008, seu acervo de 20 mil negativos e outros materiais, foi doado pela família ao IMS, que em homenagem ao Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, organizou a mostra “Japão – Mundos Flutuantes” na Galeria de Arte do Sesi, em São Paulo.

Em 1938, Haruo comprou sua primeira máquina fotográfica e começou a registrar sua vida cotidiana em Londrina (PR). Em 1951 foi um dos fundadores do Foto Cine Clube de Londrina e associou-se ao Foto Cine Clube Bandeirante, de São Paulo, rendendo participação em salões nacionais de fotografia[bb]. Foi homenageado no Festival Internacional de Londrina, em 1998. No mesmo ano e também em 2000, suas obras participaram da 2ª e 3ª Bienal Internacional de Fotografia Cidade de Curitiba. Em 2003, recebeu uma sala especial na 12ª exposição da Coleção Pirelli Masp.
Serviço
Mostra “Cenas da infância: 60 anos pós-guerra no Japão”
Mostra digital de fotografias de Haruo Ohara

Data: 04 a 17 de janeiro de 2010
Local: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – Bunkyo (Salão Nobre – 2º andar)
Rua São Joaquim, 381 – Liberdade
Entrada gratuita
Horário: Seg a sexta, das 12h às 18h e aos sábados e domingos, das 10h às 18h
Realização: Fundação Japão em São Paulo e Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – Bunkyo
Apoio: Consulado Geral do Japão em SP, Instituto Moreira Salles, Semp Toshiba, Topan Press e Hakushika
Patrocínio: Fundação Kunito Miyasaka

Informações:

Fundação Japão (11) 3141. 0110 / info@fjsp.org.br
Bunkyo (11) 3208-1755 / atendimento@bunkyo.org.br
Sites: www.fjsp.org.br / www.bunkyo.org.br



This entry was posted in Artes, Eventos, fotografia and tagged , , , , . Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook