barriga faz gravadora desprezar cantora


dia desses vi o clipe LEEDS UNITED da cantora Amanda Palmer, que fazia parte do Dresden Dolls, no blog do Ellis porque foi dirigido pela roteirista inglesa de HQ Alex DeCampi [alerta de hype: que me chamou pra participar da coletânea obscura COMMERCIAL SUICIDE] e tem um clima legal de cabaré zoado:


segundo o site feminista Fword
Amanda Palmer agora periga ficar sem gravadora por causa desse clipe. a Roadrunner está num impasse com a cantora depois que Amanda se recusou a ter sua barriga retocada ou que fossem filmadas novas tomadas em que ela estivesse com a blusa abotoada. não foi ataque de moralismo, mas parece que a Roadrunner achou que ela estava gorda [!?] e que não pode promover o clipe porque a pança não é comercial. cê acha que a barriga abaixo tá grande?

e mesmo que estivesse? pra situação ficar ainda mais ridícula, a Roadrunner é tradicionalmente uma gravadora de metal cheia de caras barrigudos no cast de artistas, e com praticamente nenhuma cantora solo além de Amanda. será que pagam musculação pros caras do Nickelback? personal trainer pro Megadeth? pilates pro Slipknot? alongamento pro Soulfly?

não sei, e de repente até a acusação é infundada [a cantora confirmou a treta em seu blog (valeu, João Pedro)] – o Fword ainda vai publicar declarações de ambos os lados. mas os fãs de Amanda começaram um protesto no fórum Shadowbox postando fotos de suas barrigas:






[a imagem acima tá sendo usada pela cantora como foto no seu perfil do Myspace; talvez indique alguma coisa]

quem quiser participar pode mandar foto da sua pança pro email doritojoe89 @ gmail . com.



This entry was posted in Admin. Bookmark the permalink.



Goma de Mascar no Facebook

  • http://bitbang.geradorzero.com Fabio FZero

    Pô, como assim BARRIGA? É uma leve ondulação SEXY! Curti!

  • Nathalia

    Mas ela não tem pança nenhuma! E mesmo que tivesse, podiam usar pra promover a moça. A Xtina fez isso na fase morena. Quem disse que beleza não pode ser um negócio democrático? As pessoas desenvolvem essa fixação pela magreza e depois botam a culpa nas modelos. Pense na Preta Gil tirando um vestido justo e colocando outro em poucos segundos. Difícil, né? Acho que o padrão é mais por uma questão de praticidade. Se você não tem 3 segundos para se vestir, não precisa ser pele e osso. Agora também não vem dizer que só é mulher de verdade quem tem barriga, que nem a da foto, que isso já é recalque!